quarta-feira, 30 de maio de 2012

"Só Deus não morre" - Cristeros


O conhecido e estimado comerciante José Garcia, de 60 anos de idade, escrevera na vitrina de sua loja, em Puebla (México) “Viva Cristo Rei.”


Ninguém ousara molestá-lo por isso, até que, em julho de 1926, passando por ali o general callista Amaya, deu com a inscrição que ele detestava. Vê-la e saltar do cavalo foi um instante. Entrou na loja de revolver em punho e exigiu que aqueles dizeres fossem apagados imediatamente.


Nunca! – respondeu o comerciante. – Esta casa é minha e aqui posso expor o que eu quiser.


Preso no mesmo instante, pouco depois era sentenciado a morte sem processo algum. Conta-se que, antes de dar ao carrasco a ordem de matá-lo, o general Amaya voltou-se para José Garcia e, escarnecendo-o, disse:


- Veremos, agora como os católicos sabem morrer.


- Morremos assim – replicou Garcia – beijando o Crucifixo e apertando-o ao peito com ternura. Voltando para o general, acrescentou: – Eu vos perdôo.


Varado de balas, caiu de braços abertos, erguendo para o Céu o Crucifixo, que ainda segurava na mão direita. Na vitrina de sua casa podia-se ler: “Só Deus não morre, e jamais morrerá!”


(TESOURO DE EXEMPLOS – vol. 11 – Ed. Vozes Ltda., Petrópolis, RJ –Pe. Francisco Alves, C. SS. R – 2ª. edição – 1960, p. 194).


Fonte: AASCJ - Associação Apostolado do Sagrado Coração de Jesus
Postado por Blog Almas Castelos às 07:56 (cortesia)

segunda-feira, 28 de maio de 2012

sábado, 26 de maio de 2012

S. Filipe Néri, presbítero,fundador, +1595


Neste dia recordamos a santidade de vida do Santo da Alegria, que encantou a Igreja com seu jeito criativo e excêntrico de viver o Evangelho. Nascido em 1515, São Filipi Néri, foi morar com um tio negociante, que colocou diante de seus olhos a proposta de assumir os empreendimentos, mas acolheu as proposta do Senhor que eram bem outras.

Ao ir para Roma estudou Filosofia e Teologia, sem pensar no sacerdócio. Sendo um homem de caridade, vendeu toda a sua biblioteca e deu tudo aos pobres; visitava as catacumbas tinha devoção aos mártires e tudo fazia para ganhar os jovens para Deus, já que era afável, modesto e alegre, por isso fundou ainda como leigo, a irmandade da Santíssima Trindade.

São Filipe Néri que muito acolhia peregrinos em Roma, foi dócil em acolher o chamamento ao sacerdócio que o despertou para as missões nas Índias, porém, o seu Bispo esclareceu-lhe que a sua Índia era Roma. Como Santo da Jovialidade, simplicidade infantil e confiança na Divina Providência, Filipe fundou a Congregação do Oratório; foi vítima de calúnias; esquivou-se de ser cardeal, mas não da Salvação das Almas e do seu lema: Pecados e melancolia estejam longe de minha casa.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Laos: Cristãos proibidos de rezar em casa e obrigados a tirar cruzes das paredes


No Laos, no distrito de Phin, província de Savannakhet, é proibido rezar em casa e os cristãos são obrigados a retirar quaisquer cruzes que tenham pendurado nas paredes exteriores das suas casas. Esta decisão das autoridades vem sublinhar ainda mais a falta de liberdade religiosa existente no país. Segundo a ONG Human Rights Watch, citada por agências de notícias, há um claro clima de “repressão” e de “restrição” das actividades dos cristãos nesta região do Laos.A onda repressiva tem-se intensificado nos últimos meses, com o encerramento, até, de igrejas históricas. Alguns pastores, que entretanto foram interrogados pelas autoridades nas últimas semanas - adiantam ainda as agências internacionais de notícias -, terão sido acusados de promover encontros de fiéis em casas particulares onde ocorrerão momentos de oração e de leitura partilhada da Bíblia. Estes acontecimentos vêm demonstrar que as autoridades do Laos têm feito sistematicamente letra morta da própria Constituição do país que prevê a liberdade religiosa.

Departamento de Informação da Fundação AIS

MAIO MÊS DE MARIA

sexta-feira, 18 de maio de 2012

VIVE HOJE COMO SE FOSSE O ÚLTIMO DIA DA TUA VIDA


Amanhã pode ser tarde.
Ontem?...Isso já passou!...
Amanhã?...Não nos cabe saber...

Amanhã pode ser muito tarde...
Para ti dizer que amas,
Para ti dizer que perdoas,
Para ti dizer que desculpas,
Para ti dizer que queres tentar de novo,

Amanhã pode ser muito tarde...
Para ti pedir perdão,
Para te dizer: desculpa-me, o erro foi meu!

O teu amor, amanhã, pode já ser inútil;
O teu perdão, amanhã, pode já não ser preciso;
O teu regresso, amanhã, pode já não ser esperado;
A tua carta, amanhã, pode já não ser lida;
O teu carinho, amanhã, pode já não ser necessário;
O teu abraço, amanhã, pode já não encontrar outros braços...
Porque amanhã pode ser muito... muito tarde!

Não deixes para amanhã para dizer:
Eu amo-te!
Estou com saudades tuas!
Perdoa-me!
Desculpa-me!
Esta flor é para ti!
Tu estás tão bem!

Não deixes para amanhã
O teu sorriso,
O teu abraço,
O teu carinho,
O teu trabalho,
O teu sonho,
A tua ajuda.

Não deixes para amanhã para perguntar:
Por que estás triste?
O que se passa contigo?
Hei, anda cá, vamos conversar.
Onde está o teu sorriso?
Ainda tenho chance?
Já percebeste que eu existo?
Por que não começamos de novo?
Estou contigo!
Sabes que podes contar comigo?
Onde estão os teus sonhos?
Onde está a tua garra?

Lembra-te:
Amanhã pode ser tarde... muito tarde!
Procura. Vai atrás! Insiste! Tenta mais uma vez!
Só hoje é definitivo!
Amanhã pode ser tarde...
HOJE, e não AMANHÃ

sábado, 12 de maio de 2012

Maio – Mês de Maria


Durante o mês de maio sentimos uma proteção especial de Nossa Senhora estender-se sobre todos os fiéis. A alegria que ilumina nossos corações exprime nossa universal certeza de que o indispensável patrocínio de nossa Mãe celestial se torna, durante o mês de maio, ainda mais solícito, mais amoroso, mais cheio de visível misericórdia e exorável condescendência.

Se soubermos viver convenientemente estes trinta dias especialmente consagrados a Nossa Senhora, ficaremos com uma devoção maior, com uma confiança mais especial, e, por assim dizer, com uma intimidade tão mais acentuada com Nossa Senhora, que em todas as vicissitudes da vida saberemos pedir com mais respeitosa insistência, esperar com mais invencível confiança, e agradecer com mais humilde carinho todo o bem que Ela nos faça.

Nossa Senhora é a Rainha do Céu e da Terra, e, ao mesmo tempo, nossa Mãe. É esta a convicção com que entramos sempre no mês de maio, e tal convicção se radica cada vez mais em nós, lança claridades e fortaleza sempre maior, quando o mês de maio se encerrar.

O mês de Maio nos ensina a amar a Maria Santíssima por sua própria glória, por tudo quanto Ela representa nos planos da Providência. E nos ensina também a viver de modo mais constante nossa vida de união filial a Maria.

terça-feira, 8 de maio de 2012

ORAÇÃO PARA DEPOIS DA COMUNHÃO


Eu te agradeço, ó Senhor meu Deus,
porque não me rejeitaste, embora pecador,
mas me tornaste digno de comungar
com os teus santos mistérios.

Eu te agradeço
porque quiseste que eu, embora indigno,
fosse participante dos teus puríssimos e celestes dons.

Mas tu, Soberano amigo dos homens,
que por nós morreste e ressuscitaste
(! nos deste estes tremendos e vivI/icantes mistérios
para benefício e santificação das almas e dos corpos,
faze que eles sejam também para mim
saúde da alma e do corpo,
vitória contra todo adversário,
iluminação aos olhos do meu coração,
paz às minhas potências espirituais,
fé sem respeito humano,
amor sincero, plenitude de sabedoria,
observância dos teus mandamentos,
aumento da tua divina graça
e posse do teu Reino.

Faze que eu, por eles conservado na tua santidade,
me recorde sempre da tua graça
e não viva mais para mim, mas para tI,
nosso Soberano e benfeitor.

E assim, partindo da vida presente
com a esperança da vida eterna,
possa chegar ao repouso sem fim,
onde é incessante o cântico dos que te festejam
e infinito o gozo dos que contemplam
a inefável beleza do teu rosto.

Com efeito, tu és, ó Cristo Deus, o verdadeiro desejo
e o inexprimível júbilo daqueles que te amam,
e toda a Criação te dá glória para sempre. Amém.

Por: Tarcisio Silva

domingo, 6 de maio de 2012

AVÉ MARIA!


Mãe de entre todas singular!

sábado, 5 de maio de 2012

O Senhor é meu Pastor

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Senhor ouve minha prece!



OREMOS:

"Tira de mim o medo que me invade, tira de mim a dúvida que me perturba.

Esclarece o meu espírito abatido com a luz que iluminou o caminho do teu divino filho Jesus Cristo, aqui na terra.

Que eu possa Senhor, perceber toda a tua grandeza e a tua presença em mim.

Sopra o teu espírito dentro de minha alma para que eu sinta o meu interior fortalecido com a tua presença, minuto a minuto, hora a hora, dia após dia.

Que eu sinta a tua voz dentro de mim e ao meu redor e em minhas decisões que perceba qual a tua vontade.

Que eu sinta o teu maravilhoso poder através da força, da oração e com este poder, a minha pessoa seja atingida pelo milagre que podes realizar a meu favor, suavizando os meus problemas, acalmando o meu espírito, aumentando a minha fé.

Não me abandones.

Oh! Senhor Jesus fica comigo para que eu não me desespere e nem te esqueça.

Levanta o meu espírito quando o encontrares abatido.

Ajuda-me a seguir-te sem vacilar e sem olhar para trás.

Entrego-te neste dia toda a minha vida e a vida de toda a minha família."

quarta-feira, 2 de maio de 2012

O Exorcismo de Cristovão Colombo


Na quarta viagem para a América, Cristóvão Colombo foi surpreendido por uma tromba-marinha. Este espetáculo nunca visto pelos marinheiros, de tal modo aterrou-os com o seu estridor e estrídulo medonho, pelo seu avanço precipitado para o navio e o perigo de vida iminente, que soltaram gritos espantosos.


Colombo mandou acender nos faróis as velas bentas, cingiu a espada e abrindo o livro dos Evangelhos, leu alguns versículos do Evangelho de São João; puxou a espada e ordenou, em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, à procela que se afastasse; traçou no ar o sinal da cruz. A tromba parou, mudou de direção e desapareceu nos confins do oceano.

(Delamare, Colombo, p. 257)

Fonte: Associação Apostolado do Sagrado Coração de Jesus
Postado por Blog Almas Castelos às 08:11 (cortesia)

Paquistão: Reedição do caso Asia Bibi – mais uma jovem mãe presa por blasfémia


Ontem, dia 1, a comunidade cristã de Khichiwala, uma pequena vila na província do Punjab, mostrava-se muito preocupada com a situação de Shamim, de 26 anos, “falsamente acusada” de blasfémia ao Profeta Maomé e que se encontra detida desde 28 de Fevereiro.

O alerta para mais este caso de cristãos detidos sob a acusação de blasfémia, que pode ser punida com pena de prisão perpétua ou mesmo sentença de morte, foi dado pelo grupo The Voice, que procura oferecer assistência legal aos “Cristãos perseguidos” no Paquistão.

Shamim Bibi foi detida em sua casa e sobre ela sabe-se ainda pouco. É mãe de uma menina de cinco anos e o seu marido, Bashir Masih, estará plenamente convencido de que foi vítima de “uma armadilha” por familiares que “se opõem à sua devoção ao cristianismo” e por “se ter recusado a tornar-se muçulmana” como eles pretendiam.

Segundo a agência de notícias Bos News Life, vizinhos terão denunciado às autoridades religiosas locais que Shamim era Cristã. Segundo o grupo The Voice, “ela passa o tempo a chorar na cela onde se encontra e reza pela sua libertação, para poder voltar a estar a respirar ao ar livre com a sua filha”.

Advogados envolvidos em casos semelhantes no Paquistão afirmam que este processo poderá estender-se no tempo, apesar da aparente fragilidade da acusação.

A lei da blasfémia condena à morte quem deprecie o Islão ou os seus profetas, à prisão perpétua para quem danifica, de alguma forma, o Alcorão, e a dez anos de prisão para quem insulta os sentimentos religiosos de outra pessoa.

Recorde-se que Asia Bibi, cuja história se tornou conhecida pelo mundo inteiro e que a Fundação AIS tem dado como exemplo da perseguição religiosa aos cristãos no Paquistão, foi igualmente acusada de blasfémia, em 2009 e continua atrás de grades.
Departamento de Informação da Fundação AIS

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

A minha Lista de blogues