segunda-feira, 21 de maio de 2012

Laos: Cristãos proibidos de rezar em casa e obrigados a tirar cruzes das paredes


No Laos, no distrito de Phin, província de Savannakhet, é proibido rezar em casa e os cristãos são obrigados a retirar quaisquer cruzes que tenham pendurado nas paredes exteriores das suas casas. Esta decisão das autoridades vem sublinhar ainda mais a falta de liberdade religiosa existente no país. Segundo a ONG Human Rights Watch, citada por agências de notícias, há um claro clima de “repressão” e de “restrição” das actividades dos cristãos nesta região do Laos.A onda repressiva tem-se intensificado nos últimos meses, com o encerramento, até, de igrejas históricas. Alguns pastores, que entretanto foram interrogados pelas autoridades nas últimas semanas - adiantam ainda as agências internacionais de notícias -, terão sido acusados de promover encontros de fiéis em casas particulares onde ocorrerão momentos de oração e de leitura partilhada da Bíblia. Estes acontecimentos vêm demonstrar que as autoridades do Laos têm feito sistematicamente letra morta da própria Constituição do país que prevê a liberdade religiosa.

Departamento de Informação da Fundação AIS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

A minha Lista de blogues