quinta-feira, 17 de junho de 2010

O milagre de um gesto infantil


Em histórias antigas refere-se a um belo episódio sobre o Beato Hermann Joseph, monge da região do Rin, do século XII ou XIII. Havia nascido em Colónia, de pais bem acomodados, mas logo se encontraram na miséria. Começou a freqüentar a escola aos sete anos e todos os dias, ao ir e voltar do colégio, costumava fazer uma visita à Igreja de Santa Maria do Capitólio, aonde rezava diante da Imagem da Virgem com o Menino.

Certo dia que levava uma maçã (uma sobremesa pouco corrente que havia podido trazer à escola), cheio de amor pelo Divino Menino, como não tinha outra coisa que dar-Lhe, aproximou da Imagem a fruta em uma espécie de jogo. Ficou assombrado ao perceber que a Imagem adquirira vida, estendendo-lhe a mão, sorriu agradecida ao pegar a maçã e pô-la nas mãos de seu Filhinho! O menino, esfregando os olhos, viu que havia se convertido novamente em imagem e a maçã continuava, apesar disso, nas mãos do Divino Menino.

Uma alegria indescritível invadiu o coração de Hermann, que não só durou até chegar em casa, mas sim até o dia de sua morte! Isto posto, ter vivido mais de 90 anos. Já monge, foi conhecido por sua bondade para com todos e por sua extraordinária devoção à Mãe de Deus. Foi dos primeiros a espalhar a devoção ao Coração Imaculado de Maria, segundo se diz. Um dos livros que escreveu se intitula: “Breve oração aos cinco gozos da Santíssima Virgem.”

(HISTORIETAS CATEQUISTICAS)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

Arquivo do blogue

A minha Lista de blogues