domingo, 23 de janeiro de 2011

Não devemos manter o ódio e o rancor em nosso coração


Certa vez, um sábio quis ensinar a seus discípulos algo muito importante que ajuda a vida ser mais bela e cheia de alegria. Então, chamou seus seguidores e lhes fez uma sugestão: se houvesse entre eles, ou dentro de si, ódio e rancor que não deixam o amor prevalecer, deveriam amarrar nas costas uma sacola e nela ir colocando tantas batatas a cada vez que não conseguissem perdoar, e mantê-la assim até que conseguissem tirar toda mágoa e falta de perdão pelas ofensas recebidas e guardadas no coração.

Assim eles procederam. Como não conseguiam perdoar e nem tirar o ódio e o rancor dos seus corações e de suas vidas, ficaram, cada um, com a sacola de batatas até que elas começaram apodrecer e exalar um cheiro horrível.

Aí resolveram chamar o sábio e falaram a ele sobre aquela situação insuportável. O sábio mestre aproveitou para lhes ensinar: assim acontece conosco; se ficarmos com o rancor, com o ódio e a falta de perdão no nosso coração, a nossa alma começa a se “apodrecer” por dentro e tudo na vida perde o sabor.

Desse modo, eles aprenderam a lição e começaram a perdoar e a amar a todos os que fizeram mal às suas pessoas. É exatamente o que Nosso Senhor Jesus Cristo já havia ensinado no Mandamento do amor. Amar a todos e até os nossos inimigos: “Mas digo-vos a vós, que me ouvis: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam. Abençoai os que vos amaldiçoam, e orai pelos que vos caluniam” (Lc 6,27-29).

Se o ódio, o rancor e tudo que nos atrapalha viver bem com os outros desaparecerem de nossa vida, cada pessoa se torna amena e o amor perfuma todos os lugares, trazendo a verdadeira paz na Igreja, nas famílias e na sociedade.

Se por ventura você que está lendo isso agora tem mágoa de alguém, vai uma sugestão: Entre agora no Reze Por Mim e envie um pedido de desculpas em forma de oração para esta pessoa. Não é uma excelente maneira de resolver a situação?
O Banquete do Reino vai caber a todos e ninguém ficará de fora, pois obteremos a misericórdia que Deus tem para cada um de nós. É melhor seguir os conselhos de Jesus Cristo, que diz: “amai, pois, os vossos inimigos; fazei bem, e emprestai, sem daí esperardes nada; e será grande a vossa recompensa, e sereis filhos do Altíssimo, que é bom para os ingratos e para os maus. Sêde, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso” (Lc 6,35-36).

(Fonte: Inspirado em www.vocacionadosdedeusemaria.blogspot.com)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

Arquivo do blogue

A minha Lista de blogues