sábado, 2 de julho de 2011

Um Coração Materno, cheio de ternura


Primeira parte | Segunda parte

Por que devoção ao Imaculado Coração é tão

necessária em nossos dias

Seria impossível em um artigo curto enumerar todos os aspectos do Imaculado Coração. Mas não se pode deixar de recordar que é um coração maternal cheio da ternura que a melhor de todas as mães podia ter para com o melhor de todos os filhos. Esta sensibilidade se reflete no amor, cheio de misericórdia, que ela tem por nós, que é por isso invocado como Mater Misericordiae.

A devoção adequada aos nossos dias

Encontramo-nos hoje num tempo em que o sentimento de afeição está morrendo e as relações entre as pessoas são cada vez mais dominadas pela brutalidade, pelo cinismo, egoísmo e sensualidade.

Basta pensar no aborto! É este a supressão, de modo mais cruel e brutal, do mais nobre de todas as afeições, que é o amor maternal? Esse amor é muitas vezes substituído pela preferência de uma carreira profissional ou uma relação transitória promíscua!

Não estará acontecendo algo semelhante ao amor paterno? Não é este o egoísmo trágico que destrói as relações familiares e, assim, a própria família, espalhando-se a todos os outros tipos de relações humanas? Assim se compreende a sabedoria da Mãe Santíssima quando, em 1917, em Fátima, profetizou a morte desse sentimento.

Portanto, o remédio para a imensa crise em que nos encontramos é a devoção àquele Coração venerável e mais sagrado, capaz de restaurar os verdadeiros sentimentos de amor, afeição e misericórdia e pureza, de que nossos tempos são tão necessitados. O Imaculado Coração é a fonte, transbordando de amor maternal, de quem é “cheia de graça”. 6

(Traduzido de http://americaneedsfatima.blogspot.com)/ADF

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

Arquivo do blogue

A minha Lista de blogues