domingo, 6 de novembro de 2011

São Luís Guanella


No dia 23 de Outubro de 2011, o Papa Bento XVI proclamou Santo o Beato Luís Guanella (1842-1915).
A vida do P. Guanella, como a de Dom Bosco, foi traçada por um sonho tido aos nove anos, no dia precedente à sua primeira Comunhão: uma Senhora (como definiu a Virgem) fez-lhe ver tudo aquilo que deveria fazer em favor dos pobres. O P. Luís Guanella ouvira falar do padre dos jovens e então quis conhecê-lo. Já em 1870 foi visitar o Oratório de Turim.
Ficou com Dom Bosco três anos: fez a profissão trienal, foi director do Oratório e sucessivamente encarregado das vocações adultas, a que Dom Bosco denominava “Filhos de Maria”.
A admiração por Dom Bosco tinha uma profunda raiz também pelos temperamentos, muito semelhantes entre si: empreendedores, apóstolos da caridade, decididos, autorizadamente pais, com um grande amor à Eucaristia, a Nossa Senhora, ao Papa.
A espiritualidade e a pedagogia salesiana foram uma pedra básica para a formação e a missão do futuro fundador das Congregações dos Servos da Caridade e das Filhas de Santa Maria da Divina Providência. Na escola de Dom Bosco aprendeu a abordagem amorosa e firme aos jovens; a vontade educativa de prevenir para não curar; e o desejo de salvar os irmãos sob o ímpeto de uma grande caridade apostólica.
O Padre Guanella morreu no dia 24 de Outubro de 1915 e foi beatificado pelo Papa Paulo VI em 1964.
No dia 24 de Outubro, será a memória litúrgica do novo Santo.

Cura de um jovem patinador permitiu a canonização do Beato Guanella

William Glisson Jr saiu do coma sem nenhuma sequela graças a uma campanha de oração por intercessão do Padre Guanella
No dia 23 de Outubro, o Beato Luigi Guanella, fundador dos Servos da Caridade, foi declarado santo e o milagre que permitiu a sua canonização é a surpreendente cura de um jovem da Pennsylvania, Estados Unidos, a quem os médicos não deram chance de recuperação após sofrer um grave acidente enquanto patinava.

O protagonista da cura milagrosa chama-se William Glisson Junior e tinha 21 anos quando em Março de 2002 caiu de cabeça por patinar para trás, na rua. Ficou em estado de coma e os médicos fizeram cinco cirurgias, incluindo duas para unir as peças do seu crânio. Os especialistas esperavam que o jovem apresentasse uma lesão cerebral permanente.

Entretanto, Glisson recuperou completamente logo que um amigo da família organizou uma campanha de oração por intercessão do Padre Guanella com uma comunidade dos Servos da Caridade, assim como residentes e estudantes da Aldeia de Dom Guanella dedicada a pessoas com deficiência física.

Três meses depois do acidente, Glisson voltou a trabalhar sem sequelas.

"Isto ocorreu devido às orações de todos estes homens na sua maioria da escola de Dom Guanella, enquanto eu estava em estado de coma - homens que não me conheciam estavam orando por mim. As suas orações foram respondidas, ele ajudou-me e eu recuperei", conta ele agradecido pelo milagre.

Glisson agora com 30 anos de idade, assegura que cresceu num lar católico, mas não tinha praticado a sua fé constantemente.

"Entretanto, devido às orações de outras pessoas, enquanto eu estava em coma, fui eleito pelas suas orações para melhorar, o que mostra que toda gente pode ser salva por Deus", assegura. Ele confessa que agora procura a razão pela qual Deus lhe deu esta segunda oportunidade.

"Não importa quem seja. Não tem que ser um sacerdote ou o presidente ou alguém no alto, nem nada parecido. Deus escolhe. É a sua eleição, e isto é o que fez por mim".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Acerca de mim

A minha fotografia

Alguém que procura um encontro com Jesus.

Arquivo do blogue

A minha Lista de blogues