sexta-feira, 9 de julho de 2010

Dia de Beata Paulina do Coração Agonizante de Jesus, Virgem


Seu nome civil era Amábile Lúcia Visintainer. Nasceu no norte da Itália, em 1865, e com dez anos acompanhou seus pais, que emigraram para o Brasil e se instalaram no Estado de Santa Catarina. Fundou, com finalidades educativas e assistenciais, a Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição, da qual foi eleita superiora geral vitalícia. Anos depois, em São Paulo, para onde se havia transferido a casa-mãe da congregação, foi injusta e precipitadamente punida pelo arcebispo de São Paulo, que a demitiu das funções de superiora e a proibiu de, no futuro, exercer qualquer cargo de mando na Congregação. Aceitou com virtude heróica essa punição abusiva e irregular do ponto de vista do Direito Canônico, e passou mais de trinta anos como simples religiosa, modelo de obediência e humildade, sem nunca exercer qualquer função diretiva na obra da qual era fundadora. Faleceu pronunciando o que sempre foi o lema de sua vida: ” Faça-se a vontade de Deus!” Foi beatificada por João Paulo II, em 1991.

Extraído do livro: “Cada dia tem seu santo”

2 comentários:

  1. Santa Paulina, rogai por nós!

    Vejo que você não é brasileira, então informo: Santa Paulina foi canonizada em 2002.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pela visita e obrigada pelo esclarecimento.
    Abraço fraterno
    Maria

    ResponderEliminar

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

Arquivo do blogue

A minha Lista de blogues