quarta-feira, 27 de abril de 2011

O Eleito de Deus


Abu Ben Adhem, uma noite acordou, depois de plácido sono e, dentro do luar que lhe banhava o quarto, viu, a enriquece-lo, a presença de um anjo que era um lírio em flor e escrevia num livro de ouro. Ben Adhem a quem a excessiva paz tornara temerário, disse à aparição:

- Que escreves tu?

A visão ergueu a cabeça e, com um olhar todo feito de doce complacência, respondeu:

- Os nomes daqueles que amam a Deus.

- E está o meu ente eles? – indagou Ben Adhem com tranqüila serenidade.

- Não, não está – retorquio o Anjo.

Ben Adhem abaixou a voz, mas animado ainda, implorou:

- Então, peço-te que incluas o meu nome na relação daqueles que amam seus semelhantes.

O anjo escreveu e desapareceu.

Na noite seguinte voltou novamente, envolto numa grande luz, e mostrou os nomes daqueles que o amor de Deus elegera, e – eis! – o de Ben Adhem era o primeiro de todos.

(Autor: A. G. – Lendas do Céu e da Terra)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

Arquivo do blogue

A minha Lista de blogues