quinta-feira, 7 de abril de 2011

Vaticano: Tudo a postos para beatificação de João Paulo II


Cumpriu-se a vontade popular quando, nas cerimónias fúnebres de João Paulo II, muitos populares empunharam cartazes a dizer: “Santo subito, Santo já!". Se para o povo não haveria dúvidas das qualidades excepcionais do Papa que veio do Leste, a Igreja não deixou de seguir os trâmites necessários para que João Paulo II fosse conduzido aos altares.

A cerimónia está marcada, para dia 1 de Maio e de todo o Mundo estão a ser organizadas peregrinações de fiéis que desejam estar em Roma para presenciar tão significativo momento. "Roma está pronta para acolher todos os peregrinos que quiserem vir: temos disponibilidade de lugares, assim como todas as cidades perto de Roma." Estas foram as palavras de D. Liberio Andreatta, na apresentação operacional dos eventos relacionados à beatificação de João Paulo II.

A reunião foi realizada na sede do vicariato de Roma. Tudo está a ser pensado ao mais ínfimo pormenor para que esta seja uma operação de sucesso. A começar pela mobilidade de todos os que se deslocarem para o Vaticano. O bilhete dos peregrinos, por exemplo, permitirá utilizar o transporte público gratuitamente durante os três dias; o metropolitano funcionará 22 horas por dia (excepto das 2h às 4h). Para se chegar à capital, é recomendada a utilização do comboio. Haverá ainda uma "noite branca" de igrejas e locais de entrega de pacotes com alimentos.

"Esta será uma demonstração de como João Paulo II é amado", disse D. Andreatta, que precisou: "Escolheu-se o dia 1º de Maio, domingo ‘in Albis', porque é dedicado à Misericórdia Divina, porque ele quis santificar Santa Faustina e porque morreu logo depois das vésperas da Festa da Divina Misericórdia." Os três eventos relativos à beatificação são: A vigília no ‘Circus Maximus', em 30 de Abril, presidida pelo cardeal Agostino Valli, organizada pela diocese de Roma e à qual Bento XVI participará por meio de uma conexão de vídeo. Será possível entrar enquanto houver espaço e não se precisará de ingressos ou tickets.

A Missa da beatificação de João Paulo II, dia 1 de Maio, às 10:00, presidida pelo Santo Padre. Depois, na basílica de São Pedro, no altar da Confissão, será aberta a veneração dos restos mortais de João Paulo II, até o final da fila de fiéis. A Missa de Acção de Graças, na segunda-feira, 2 de Maio, em São Pedro.

O evento conclusivo será presidido pelo secretário de Estado, cardeal Tarcisio Bertone.

Também de Portugal se estão a organizar diversas peregrinações a Roma. É o caso da Fundação AIS, que procura levar os seus benfeitores ao Vaticano, para assistirem às cerimónias de beatificação do Santo Padre João Paulo II, que inclui, ainda, uma visita a Assis.

Departamento de Informação da AIS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

Arquivo do blogue

A minha Lista de blogues