quarta-feira, 16 de março de 2011

Em tempos de aflições recorra a Divina Misericórdia de Nosso Senhor


“Ofereço aos homens um vaso, com o qual devem ir buscar graças na fonte da misericórdia. O vaso é a Imagem com a frase: ‘Jesus, eu confio em Vós’.” (Diário n.327)
“Por meio desta imagem concederei muitas graças às almas; que toda alma tenha, por isso, acesso a ela.” (Diário n. 570)

“Prometo que a alma que venerar esta imagem não perecerá. Prometo também, já aqui na terra, a vitória sobre seus inimigos e, especialmente, na hora da morte. Eu mesmo a defenderei como Minha própria glória.” (Diário, n. 48)

“Consomem-Me as chamas da misericórdia; desejo derramá-las sobre as almas humanas. Ó! Que grande dor me causam, quando não querem aceitá-las! (…) Diz à humanidade sofredora que se aconchegue no Meu misericordioso Coração, e Eu a encherei de paz.” (Diário, n. 1074)

“A humanidade não encontrará a paz enquanto não se voltar, com confiança, para a Minha misericórdia.” (Diário, n. 300)

“Minha filha, fala ao mundo da Minha Misericórdia, que toda a humanidade conheça a Minha insondável misericórdia. Este é o sinal para os últimos tempos; depois dele virá o dia da justiça. Enquanto é tempo, recorram à fonte da Minha misericórdia, tirem proveito do Sangue e da Água que jorram para eles.” (Diário, n. 848)

“Antes de vir como justo Juiz, abro de par em par as portas de Minha misericórdia. Quem não quiser passar pela porta da misericórdia terá que passar pela porta da Minha justiça…” (Diário, n. 1146)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

Arquivo do blogue

A minha Lista de blogues