quinta-feira, 24 de março de 2011

Mediação de Nossa Senhora


São Luís Grignion de Montfort, no livro “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”, desenvolve a doutrina de que Nosso Senhor Jesus Cristo, sendo Ele ao mesmo tempo Deus e Homem, é o medianeiro universal por natureza.

E Nossa Senhora, a Santíssima Virgem, é a Medianeira Universal, não por natureza, mas por disposição da divina Providência. Deus quis começar e acabar suas maiores obras por meio da Santíssima Virgem e é de crer que não mudará de conduta pelos séculos dos séculos. Por isso, tudo que peçamos por meio dEla, nós obtemos. Todas as graças que Deus nos manda, manda por meio dEla.

A conseqüência é que Nossa Senhora, como nossa mãe, pede sobretudo graças para a salvação de nossas almas. Ela pede outras coisas: saúde para um, inteligência para outro, os mais diversos tipos de ajuda… Mas, sobretudo Ela pede virtude para a alma.

Ela é, assim, a Rainha das almas! Por causa disto, o destino do mundo, o destino da História, está nas mãos de Nossa Senhora. Ela é a Rainha de tudo quanto acontece. Se a pessoa pedir, obtém para si ou para os outros graças extraordinárias.

Se a pessoa é má e recusa, a culpa é dela, porque bastava pedir com sinceridade que Nossa Senhora dava uma solução. Até Judas, ao invés de fazer o que fez, tivesse procurado Nossa Senhora, depois de ter traído Nosso Senhor, Ela o teria recebido com bondade, com paciência, e teria reconciliado a ele com Nosso Senhor! E Ela poderá fazer isto com aqueles a quem queremos ajudar: parentes, colegas, irmãos, primos, pessoas que queiramos que fiquem melhor. Peça a Nossa Senhora, Rainha dos Corações, que Ela arranja a coisa, desde que a pessoa não feche o coração, como Judas Iscariotes, porque aí até Deus não força…

Nossa Senhora, Rainha dos Corações, rogai por nós!

fonte: ADF

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

Arquivo do blogue

A minha Lista de blogues