quarta-feira, 30 de março de 2011

Um mártir de nossos tempos


De acordo com o site da Radio Vaticano, a Conferência Episcopal do Paquistão decidiu em reunião que se concluiu sexta-feira última (25), apresentar um pedido oficial à Santa Sé para proclamar “mártir da fé e protetor da liberdade religiosa” Shahbaz Bhatti, o ministro paquistanês para as Minorias religiosas assassinado no último dia 2 de março por causa de suas batalhas contra a leis da blasfêmia em vigor no país.

A agência Fides destaca que o pedido foi aprovado por unanimidade, e foi apresentado pelo Bispo de Multan e representante para o Diálogo Inter-religiso, Dom Andrew Francis, que recordou em particular o autêntico testemunho de fé do expoente político que chegou a dar a vida por sua missão.

Bhatti sempre foi um defensor da fé católica e chegou a afirmar que seu amor à causa de Nosso Senhor Jesus Cristo o acompanharia até a morte:

“Eu não busco a popularidade, não quero posições de poder. Eu só quero um lugar aos pés de Jesus. Eu quero que minha vida, meu caráter, minhas ações falem por mim e digam que eu estou tentando seguir a Jesus Cristo. Esse desejo é tão forte em mim que eu considerava um privilégio se – e em meu esforço nesta batalha é para ajudar os necessitados, os pobres, os cristãos perseguidos no Paquistão – Jesus aceitar o sacrifício da minha vida. Eu quero viver para Cristo e para Ele morrer”.

Precisamos rezar para que o Vaticano reconheça Bhatti como mártir da fé católica. Ele deu sua vida por amor a Nosso Senhor Jesus Cristo, defendendo até a morte os cristãos perseguidos no Paquistão
fonte: AASCJ

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto

Alguém que procura um encontro com Jesus.

Arquivo do blogue

A minha Lista de blogues